Champagne ou Champanhe

 

Em épocas de festas, celebrações e comemorações é comum marcar o evento com as mais finas e famosas borbulhas do mundo. Muitas vezes é chamado de champanhe ou champagne e é vendido como tal o mais básico dos espumantes, nacional ou importado.

Uma bela notícia para os consumidores que poderão saber exatamente do que sua bebida escolhida se trata.

Por ocasião da visita oficial à França, a Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, entregou ao presidente François Hollande, o Certificado de Registro da Denominação de Origem para os vinhos espumantes produzidos na região de Champagne. O certificado foi assinado em 11 de dezembro de 2012 pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Damata Pimentel.

Este documento, emitido pelo INPI do Brasil pelo seu Presidente, Jorge de Paula Costa Ávila, e o diretor responsável pelas indicações geográficas (IG), Breno Bello de Almeida Neves, reconhece que só é champanhe o vinho espumante da região do mesmo nome na França.

Esta etapa decisiva no reconhecimento da denominação Champagne no Brasil é resultado de um intenso trabalho realizado pelo Comité Interprofessionnel du Vin de Champanhe (CIVC) e da produtiva cooperação técnica entre os INPIs da França e do Brasil nos últimos cinco anos. Após as negociações, o CIVC formalizou em 2011 o pedido de reconhecimento da IG.

Fonte